Destaques

Guanabara assina tratado diplomático com a Bugolávia

O presidente do Estado Livre da Guanabara, Adilson Requião, assinou o Tratado de Dara, que estabelece relações diplomáticas com a República Popular da Bugolávia e o reconhecimento mútuo entre as duas micronações. A Bugolávia ocupa o território macro da Transnistria, no Leste Europeu. A assinatura do tratado corrobora com a visão micronacional do governo da Guanabara, que costuma abraçar projetos micronacionais sem criar empecilhos para seu reconhecimento.

Segundo o tratado, a Bugolávia e a Guanabara estabeleceram relações diplomáticas representadas por missões permanentes em ambos os Estados sob os termos da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas de 1961. Os membros do pessoal diplomático da Embaixada deverão, em princípio, ter a nacionalidade do Estado acreditante, ou seja, o estado que envia o embaixador.

 “Foi uma grande honra assinar este tratado. A Bugolávia é uma micronação amiga. Desde 2018 tinha uma proposta de tratado redigida, mas sempre ficávamos esperando um momento ideal para enviar e esse momento chegou e foi (a proposta) prontamente aceita. Agora, quem sabe podemos acertar uma troca de embaixadores entre nossas micronações”, disse o presidente Requião.

do Rio de Janeiro, para a Agência Guanabara de Notícias

Matheus Lourenço

Empresa de bebidas é lançada na Guanabara

A Tchosco Bebidas é a nova empresa do Estado Livre da Guanabara. A empresa, com sede em Teresópolis, será uma fábrica majoritariamente de refrigerante, mas que deve fabricar outras bebidas não-alcoólicas também. Com um capital inicial de C$300 milhões, a indústria tem um valor de mercado inicial estimado em C$1 bilhão.

Read More

Matheus Lourenço é anunciado como novo técnico da Guanabara

A Federação de Futebol da Guanabara anunciou na noite desta quarta feira Matheus Lourenço como novo técnico da Seleção de futebol.

O técnico do Guanabara City subistitui Adilson Requiao que ficou mais de dois anos no cargo.

A expectativa da federação é que a Seleção Carioca consiga uma das vagas para voltar à Série A da Liga das Micronações.

Novo Governo toma posse na Guanabara

Neste dia 1 de Janeiro de 2021 um novo Governo tomou posse para o mandato até o fim deste ano de 2021.

O presidente Adilson Requião vai reassumir a presidência do Estado Livre da Guanabara pelo terceiro mandato consecutivo. Ele foi eleito para um mandato de 12 meses.

A grade diferença desta vez será a aquipe que vai participar da gestão da Guanabara durante este ano. Renan Azevedo irá ser o vice-presidente e Mateus Lourenço o Ministro das Comunicações, Wanderley da Silva, Ministro da Defesa e Fabiana Costa a Ministra da Cidadania. O único que vai permanecer no cargo é Tobias Ferreira como Ministro da Economia.

A ceminônia de posse ocorreu na manhã desta sexta-feira no Palácio da Guanabara, sede do Governo.

Hospitais de última geração inaugurados no Sul Fluminense

O Governo do Distrito do Sul Fluminense inaugurou hoje três hospitais de última geração. As unidades hospitalares foram construídas nas cidades de Valença, Angra do Reis e Volta Redonda.

Os hospitais contam com os mais modernos equipamentos para exames clínicos. E já deram início ao atendimento à população Sul Fluminense.

As construções foram financiadas pelo Banco da Guanabara e passarão a ser as unidades hospitalares mais modernas da Guanabara.

Baixada Fluminense possui nova distribuidora de energia

O Secretário Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinaldo Villardi, anunciou hoje em reunião com o governador Ricardo Belmonte, a Energisa Dual Fluminense (EDF) como nova distribuidora de energia do estado, substituindo a A2B Energity, vítima de reclamações e diversos processos abertos na Justiça Federal.

A Energisa Dual Fluminense é uma empresa do empresário Ernesto Sartori, um dos homens mais ricos do estado, e deve assumir a distribuição energética de toda Baixada Fluminense com mais eficiência e controle, além de ser uma das empresas que mais investe em energia limpa em toda Guanabara.

O valor da concessão, segundo o Diário Oficial do Estado, é de C$ 1,1 bilhão de contos, com um contrato que deve durar pelos próximos quinze anos.

Edwards e Guanabara acertam contrato de venda de açúcar

Governo do Estado Livre da Guanabara recebeu por meio do Ministério do Comércio uma proposta de venda de Açúcar para a República Edwards. E acertou os últimos detalhes do contrato fechado para venda de 81 mil toneladas de açúcar para Edwards, que fica na América do Norte.

Proposta de Venda:

Visitando fortalecer os laços econômicos e o desenvolvimento mútuo, informamos o nosso interesse em adquirir do Estado Livre da Guanabara o produto descrito abaixo bem como a sua quantidade. Os produtos, se aprovado o pedido pelo Estado Livre da Guanabara, serão embarcados no navio Beautiful Island, que após confirmação sairá da costa nacional de Edwards com destino à costa do Estado Livre da Guanabara, percorrendo cerca de 4.898,18 mi.

Produto:

  • Açúcar – 81 mil toneladas

A venda foi confirmada e encontra-se sendo transportado ao Porto do Rio de Janeiro para embarque no navio Beautiful Island de bandeira da República Edwards.

Guanabara assina aquisição de Café do Reino de Bauru e São Vicente

Governo do Estado Livre da Guanabara, por meio do Ministério do Comério encomenda a aquisição junto aos Armazens Reais de Bauru e São Vicente a aquisição de unidades de café.

A medida visa suprir a alta demanda do produto que tornou-se muito acima de nossa capacidade de produção.

Compra:

  • 28 toneladas de café (Total de 467 sacas)

Custo em Barões: Br$ 270.800,00 (Moeda vigente em Bauru e São Vicente)

Conforme acordado as sacas serão transportadas por mar, a partir do Porto de Santos para o Porto do Rio de Janeiro, sendo expedidos no dia 6 de maio de 2020 dos armazéns na cidade de São Paulo.

Os produtos são provenientes do Principado de Ribeirão Preto, resultado da política do Bauru e São Vicente de incentivo a agricultura familiar.

incipado de Ribeirão Preto, resultado da política do Bauru e São Vicente de incentivo a agricultura familiar.

Armazens Reais de Bauru e São Vicente

Guanabara acerta construção e venda de Navios Militares a Deltária

Acordo de Contrução de Navios Militares entre Guanabara e Deltária

Pelo presente documento encomenda-se junto a Lisnave Estaleiros Navais S.A., sediada no Estado Livre da Guanabara, a construção de navios, das seguintes classes e nas seguintes quantidades:

  • 10 navios classe Torpedeiro;
  • 8 navios classe Patrulha Oceânica;
  • 5 navios classe Fragata;
  • 4 Submarinos nucleares balísticos;
  • 2 navios classe Porta-Aviões.

Concomitantemente contra-se a EMBEL Deltariana, para instalação de armamentos e equipação dos navios, com canhões e torpedos, além de demais equipamentos bélicos e de comunicação necessários.

Posso dizer que a Embel Deltariana receberá acesso às instalações dos Estaleiros da Livane Estaleiros Navais S.A., assim como galpões necessários. O Governo Bauru Vicentino compromete-se a ajudar no transporte de peças e equipamentos por meio de aviões cargueiros, partindo do Aeroporto de Assis.

Governo anuncia compra de carros para a Administração Pública

Nesta sexta-feira (3 de abril de 2020) o Governo do Estado da Guanabara anunciou a compra de 50 carros do modelo CEAVA Arona. O acordo foi feito diretamente junto ao Governo do Reino da Espanha.

Os veículos serão utilizados pela administração pública guanabarense. E serão fabricados e entregues pela montadora espanhola CEAVA.

A medida serve para aproximar os governos da Guanabra e da Espanha, que pretendem iniciar um série de parcerias e de aquisições de ambos os lados. Fato que deve movimentar a economia das duas micronações. E quem sabe dar início a um acordo comercial mais amplo. Autoridades de ambas as micronações falam informalmente em uma possível criação de um mercado comum, com a particiopação de outras micronações.

O Ministro das Finanças da Guanabara, Tobias Ferreia informou que será pago o valor de $150.000 pesetas, em moeda espanhola.